Caraforasiamargo.

Caraforasiamargo.

         Machado De Assistências não se suportou nem em si mesmo.

Quando moribundo quantas cartas afundou e fundou?

Machado De Assistências. Lenhador, robusto, troncudo. Tu sabes de onde vem os eucaliptos. Nos traz as robustas toras derrubadas a machado. É uma casseta! Uma piscadela em umas páginas de  1984 já vai lhe clarear a memória. E Machado De Assistência logo se vê o reducionismo da massa cinzenta.

O problema do Machado De Assistência não é a linguagem, mais a escrita que tem se diminuído com o sumiço da leitura.

Não me comovo comendo comigo mesmo. Pedro Pedreira tinha dúvidas, dúvidas. Exigia provas, fotos, documentos registrados, notas fiscais.

Para quem atropela tudo e todos Pedro Pedreira é um santo. Um santo que nenhuma pessoa pode se dar ao luxo de Descartes. Nunca!

Machado perde o fio. Sem cabo ainda, quer ser navalha. Nada. Nasceu Machado. Mais Machado questiona sempre, nunca duvida.

Não é ridículo quem questiona?

Ou não seria ridículo ser covarde e nunca perguntar.

“Com sogra velhaca não se lambe o prato”.

Há de haver um cão para os restos.

Publicado por Bigbossladov

Escritor amador. Amado Batista. Corneteiro. Humorista. Existencialista. Musica brega, rock, pop, literatura, psicologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: