Absurdo e incoerente, Eu

Absurdo e incoerente, Eu

                        Uma dose pra elefante às vezes nem me faz tremer. O 25 é importante. Como um dia.

                        É hoje. É agora. E eu nem notei que você estava aqui.

                        Começo bem, fico mal, contínuo bem.          

Estou em meu juízo; então não há mágoa. Você é assim mesmo. Forças somente para fugir da loucura.

                        Tudo é baunilha.

                        Loucura. Loucura é querer ser normal. Com todo direito.

                        Gritaria todos os dias.

                        Quem não pode com dois carrega um. (Zé Geraldo)

                        “ Uma que as Fúrias soltam do fundo dos infernos, toas as vezes que lançam suas serpentes e infundem no coração dos mortais o ardor da guerra, a sede inextinguível do ouro, o amor desonroso e culpado, o parricídio, o incesto, o sacrilégio, e muitas outras coisas ou quando perseguem as consciências criminosas com suas tochas aterradoras” (Erasmo, Elogio Da Loucura)

                        Você estava aí? Nem tinha notado.

Publicado por Bigbossladov

Escritor amador. Amado Batista. Corneteiro. Humorista. Existencialista. Musica brega, rock, pop, literatura, psicologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: